Por que não tenho o que eu quero?

“Por que não tenho o que eu quero?” O tópico mais lido do blog sobre nosso poder do subconsciente! Uma boa analisada no seu sistema cerebral e emocional.

O Cerebro, a mente e os pensamentos são armas brancas! Use a mente!

Já falei em outros artigos, em 2009, sobre a intenção e foco  sobre a convicção total frente a uma situação.  Expliquei como funciona o poder do subconsciente e a energia intangível da mente cósmica. E nos últimos tempos tenho recebido inúmeros e-mails sobre o mesmo tema, aonde lê-se entre aspas “desespero e desprezo“!

Por que não tenho o que eu quero?

Caros amigos.

Dois corpos não podem usar ou dividir o mesmo espaço no planeta. E assim ocorre o mesmo com o  céu, o subconsciente e a mente consciente.

É preciso supervisionar os pensamentos com a pratica diária do exercício e habito “Shock Mental”.  É preciso afirmações positivas e cartas magicas até tudo isso tornar parte da nossa realidade.

1-O QUE EU QUERO?

2-PORQUE?

Então, aqui após a segunda pergunta escrever, descrever mentalmente ou usando uma folha de papel ou mesmo no computador “PORQUES”.

É mais fácil atingir o subconsciente e a mente cósmica pelos “PORQUES” que tentar achar motivos de ” merecimento pessoal “!

Dessa forma o cérebro trabalha melhor e é incentivado a buscar coincidências físicas e no mundo físico se uni a mente cósmica que é a mente não física.

Infelizmente nem todos podem se sentir merecedores de algo melhor e isso é algo implantado pelo sistema. O sistema quer assim e por onde essa pessoa foi criada, com quem convive e pela forma que vê e aceita a sua própria realidade.

Mas como Taillard, eu não entendo  essa nova sobre o sentimento de merecimento?

Por incrível que pareça, existem inúmeras maneiras de esquivarmos-nos dos nossos reais desejos, bloquearmos o caminho de todas as coisas no universo que servem para o nosso mundo e nossa vida e cortar totalmente a chance de enriquecermos, em todos os sentidos, de uma só vez.

Damos sempre desculpas para não prosseguirmos com um pensamento focado perante todo e qualquer desejo. Simplesmente porque cremos com toda nossa força em uma realidade impermanente.

E AGORA COMO FAZ ?

Precisamos apreciar um pouco mais a tudo e principalmente o sucesso alheio. A fortuna alheia, as atitudes inteligentes de fulano ou sicrano, ler mais relatos interessantes, biografias de sucesso e tomar coragem para montar a nossa própria biografia.

É preciso voltarmos a ser como crianças. brincando com todos as possibilidades e probabilidades que possam se apresentar em nossa realidade.

Lembre-se, sempre da função cerebral e da ação da mente cósmica.

Existem várias ferramentas para melhorar a absorvição do sentimento de merecimento sem ter que enfrentar a duro o nosso ego. Uma das ferramentas mais fortes, é assistir ou ler relatos de pessoas de sucesso em alguma área com a intenção de encher o coração de alegria. É preciso nos colocarmos em um estado total de contemplação, abençoando a vida do personagem e automaticamente a mente nos coloca dentro de tal acontecimento.

Porque falo direto e reto sobre a influencia da heterosugestão?

Porque milhões de pessoas ainda creem fortemente em um DEUS ou outros deuses castigadores, severos, que precisam de algum tipo de sacrifício da nossa parte para fazerem a troca entre nós e a felicidade deles. Por esse motivo, milhares de pessoas não saem do buraco que continuam dia a dia cavando !

Falo de buraco e não construção de castelos!

Há pessoas que passam a vida inteira trabalhando “duro”, alias “durissimooo”, e continuam sem nada em termos de riqueza para si mesmo, mas constituem riquezas a todos a sua volta.
Porque isso ocorre?

Existem vários fatores e um deles é a falta de atenção aos sentimentos nocivos que acompanham as suas intenções pessoais. E um desses sentimentos é :

A INVEJA DESTRUTIVA”.

O segundo sentimento se dá em consciência da pessoa não conseguir mudar seu padrão mental e comportamental perante a vida. Brincar com a caixa magica, com a carta magica, com a psicografia da prosperidade e os roteiros pessoais da fortuna.

E então, essa pessoa vive “O CEGO INCONSCIENTE”, só vê, e gosta de ver, todo tipo de desgraça, criando automaticamente uma atmosfera de crenças totalmente destrutivas a seu redor  e em torno ao corpo. Sempre vendo o pior de tudo em tudo e todos e  acaba inconscientemente tornando-se parte das suas próprias desgraças. Personagem de seus dramas. Conseguindo assim manter-se em lugar nenhum na arena dos campeões.

Vou dar um exemplo básico de milhares de e-mails que recebo e de alguns telefonemas que mantenho com alguns dos mais de 1500 e-mails de pedidos de áudios pessoais.

Tenho uma amiga que vive querendo falar comigo no MSN, Talkgoogle, Skype e pelo blog há mais de 2 anos.

Acontece. que essa amiga tenta a todo custo arrumar um namorado. Já possui um bom emprego, ganha relativamente bem no cargo de chefe de departamento que ocupa e a vida deu uma guinada nos últimos tempos, e para melhor. Sempre conversarmos francamente sobre o sentimento de merecimento na questão amorosa e pessoal.

A minha amiga tem um sonho: Encontrar uma pessoa maravilhosa que a ame, respeite e acima de tudo esteja em um nível social igual ao dela. E isso tudo é plenamente normal.

 Você escolhe e o Universo do seu Subconsciente aceita, envia, atende a seus pedidos e transforma-os em sua realidade.

Mas existem aí, apegos e alianças com algumas experiencias do passado dessa nossa amiga, em que laços muitos fortes foram mantidos e por mais que a minha amiga tente, aqui e acolá, ela não consegue se desvencilhar do pensamento de que “homens não prestam”!

E um outro sentimento mais grave ainda contra si mesmo:

”Só o que presta em mim são minhas parte genitais” ou seja ; – Não deito-me com qualquer um e prefiro ficar sozinha!

Se sentia um sapato usado perante aos homens. Depois reclamava que somente homens que precisavam a apreciavam a usar uma vez outra e mercê de seus próprios desejos, apareciam em sua vida.

E por trás dessa afirmação, ela nutria uma inveja doentia e uma falsa apreciação sem compaixão das amigas e inimigas que classificava como “galinhas”! E mais uma vez se colocava como o sapato usado para os homens e, sem querer conscientemente, atraia apenas o mesmo.  Toda vida!

O que eu penso ser de total responsabilidade dela, quanto ao achismo pessoal e em frente a moral social em sua vida e a importância que a mesma deu todos os 10 anos seguidos em que passou SOZINHA.

Esquecendo-se que antes de conhecermos profundamente alguém, qualquer pessoa, em “termos” qualquer um, porém, qualquer pessoa tem suas qualidades e busca seus objetivos e sempre está a procura de alguém na vida.

Ta gostando?

A nossa amiga mantém, aliás, mantinha um sentimento constante em cima de uma crença errônea e como tal alimentava a crença de ser um objeto na mãos dos homens. E que homem era tudo igual!

Assim sendo, foram 10 anos sem ter um companheiro. 10 anos sem ter a doçura de momentos de paixão, tesão e amor. 10 anos rosnando pedindo amor, atenção e companhia. 10 anos deixando a vida passar, apenas por medos e por alimentar o sentimento ao contrario da felicidade.
(Vai imaginandooo…)

Conclusão…

Por melhor que andava a vida da minha adorável amiga, leitora e membros dos meus blogs e comunidades, ela simplesmente havia mais débitos que qualquer bem material útil em sua vida, devido a seus hábitos de criticar ao invés de apreciar e cuidar da própria vida.

Ela jogava todas as possibilidades de ter alguém bom, bonito e generoso para o alto e no auge ainda colocava-os no lixo, junto a toda maldade que conseguia criar mentalmente sobre o achismo antigo de pensar que todo homem não prestava. 

E as consequências dessa atitude?

Queda de cabelos, aumento de peso, cólicas menstruais intensas seguidas de um fluxo menstrual irregular e muito, mas muito mau humor. E a conta em vermelho no banco!!!

Como pode uma pessoa conseguir ser feliz achando graça de ver a infelicidade dos outros ou procurar apenas o que não presta em alguém a tempo integral?

DIFÍCIL NÉ?

Mas tudo pode mudar, mesmo que doa cada unha arrancada dentro do nosso estado vibracional. Para mim, foi naquela época, vários partos em diferentes estados emocionais.

E para ela e para todos nós, penso ser a mesma coisa, pois o processo para agir mentalmente e fisicamente como crianças é tão duro quanto pensar em nascer de novo sem ter que morrer. E o método usado foi usar as afirmações positivas encorporando um proposito pessoal direto. Todas as noites enquanto dormia, repousava o corpo e mudava a forma de reparar as pessoas a sua volta por apreciar de uma certa forma oportunidades, qualidades e possibilidades infinitas.

Ver o belo aonde aparentemente esta feio. Ser gentil consigo mesma a tempo integral. Encontrar graça nas atitudes das amigas galinhas e pela coragem de enfrentar o novo e novos relacionamentos.

E eis que em menos de 6 semanas, eu disse seis semanasss, ocorreram coisas fantásticas na vida da nossa amiga e pessoas começaram a convida-la a festas, pic-nic, concertos, teatros e algumas figuras masculinas foram apresentadas a nossa amiga de forma muito casual.

E então a vida começou a dar a ela exatamente o que ela enviava a vida.

E isso ocorre sempre quando sabemos aonde estamos errando e por onde podemos começar a consertar para acertar!

Podemos ter amor, harmonia, bons amigos e riquezas resumidos em apenas uma palavra

“PROSPERIDADE”

Quando sabemos o que a palavra significa e tomamos a determinação de viver dessa forma de alguma forma.

E a forma é praticando o “SHOCKMENTAL”!

Abraços:
Taillard Silvana Maravilha Maravilhosa

Por que não tenho o que eu quero?